Apoio aos heróis estrangeiros …

Heroizada agora o papo é sério! 

Um dos maiores assuntos em telejornais nestes últimos dias tem sido a chegada dos médicos estrangeiros, pelo programa “Mais Médicos” que visam atender áreas carentes e o interior. No inicio da semana chegaram os primeiros médicos, vindo da argentina, a cobertura da mídia foi intensa, apresentações de depoimentos sobre o que eles esperavam e do que os levaram a se inscrever no programa, alguns responderam para estar próximos das famílias e outros apenas pelo fato de poder exercer a profissão.

Assim se seguiu a chegada de médicos e médicos. Para quem não se recorda quando a presindentE Dilma fez seu pronunciamento a respeito das manifestações e suas reivindicações ela expôs quais seriam a mudanças  a partir daquele belo discurso, no fim de semana houve uma protesto contra a votação das PECs 33 e 37 . Já daquele dia iniciou-se uma decorrência de protestos contra o projeto apresentado pela presidente, pois era quase um ultraje trazer novos médicos, do que investir na estrutura da saúde pública brasileira.

Embora, muitas  denúncias sejam feitas sobre a precariedade da saúde , é necessário analisar quais os perfis dos médicos que são contra a vinda dos médicos estrangeiros. Alguns não tem real noção do que são as condições de um SUS, AMA ou AME. Um médico que trabalha na emergência de um hospital as vezes não tem todos os materiais necessários para realizar um atendimento completo, como o médico do Rio Grande do Norte que gravou um vídeo ao perceber que não teria fio de aço para terminar de suturar um paciente após a cirurgia. E ainda sofrerá processo.

Outro fator alarmante quanto a protesto é a recepção que os recém chegados estão recebendo , em destaque os cubanos. No Ceará um grupo de 40 médicos, organizaram-se de uma forma que posso descrever como “corredor polonês” que ao invés de agir com violência física usou das palavras e atitude xenofóbicas para acuar e ofender um grupo de médicos cubanos, com frases de dizeres preconceituosos “voltem para a senzala” , “escravos” e incompetentes”.

Imagem

Não há justificativa para tais atitudes, lembrando que todos os médicos que desembarcaram e desembarcarão no Brasil passarão por testes. Por conta das várias reclamações sobre possíveis erros médicos pela possibilidade de haver falha de comunicação e esclarecimento nos diagnósticos. Outra visão é que os estrangeiros, trabalharam da mesma forma, nas mesmas condições precárias e insalubres que médicos brasileiros da área pública enfrentam todos os dias e que áreas como favelas terão uma assistência necessária, as quais eram impossíveis antes das manifestações, alguns pediam resultados para todo aqueles confrontos e uma parcela da população está sendo beneficiada.

Outra atitude do governo é tornar obrigatório por pelo menos dois anos a residência no SUS, uma atitude corretíssima. A função social da medicina tem de atingir a todos e nada melhor do que a preferência para pessoas mais carentes.

Uma carta apresentada pelo SUS como pedido de desculpas é um pedaço de todos os brasileiros que acham de grande ajuda a vinda dos estrangeiros.

“Senhor presidente, para onde você caminha e leva os jovens médicos. E agora, José? José, para onde? Para a agressão física? ”Escravos”, José? Um povo valoroso que resiste a um boicote econômico há 54 anos da maior potência econômica do mundo, os Estados Unidos, e não se entrega, e não se curva? Um povo que jamais agrediu outros povos e, sim, oferece sempre a sua solidariedade e os seus médicos em situações de catástrofe, como no Haiti e em 69 países que pedem sua ajuda, sempre intermediada pela OMS? Cuba não tem riqueza, José. A sua riqueza é o seu povo, são seus médicos, a sua solidariedade, Incompetentes, Jose? Os indicadores de saúde de Cuba se pareiam com os dos países mais desenvolvidos, A mortalidade infantil é menor que nos Estados Unidos e há 30 anos desenvolvem um Programa de Saúde da Família que é exemplo para o mundo inteiro”.- Carta de desagravo do SUS.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: