It: A Coisa | Elenco das crianças retornará através de flashbacks em sequência

IT: A Coisa trouxe um retorno financeiro enorme para o trabalho do diretor Andy Muschietti. Superando as estimativas iniciais do estúdio de arrecadar 117 milhões de dólares, apenas nos Estados Unidos – em seu fim de semana de abertura, o filme atingiu a marca de 123 milhões de dólares, passando até mesmo a marca que Homem-Aranha: De Volta ao Lar fez em sua estréia, e quebrou recorde se tornando o filme de terror com a maior bilheteria em seu fim de semana de abertura.

Em entrevista à EW,  Muschietti confirmou que os atores mirins voltarão em cenas de flashbacks:

“No segundo filme, o diálogo entre as linhas do tempo será mais presente. Se estamos contando a história dos adultos, teremos flashbacks que nos levarão até os anos 80 e informarão a história no dia presente.”

Embora uma sequência não tenha sido oficialmente confirmada, a produtora Barbara Muschietti expressou sua esperança de que o projeto possa avançar rapidamente, considerando que os atores em fase de crescimento terão um papel importante:

“A esperança é que encontremos a melhor maneira em breve, já que é importante para Andy ter os flashbacks com as crianças, que estão crescendo bem rápido. Elas são um componente importante para o próximo filme.”

Quanto às versões adultas dos personagens, envolvidos no processo do elenco podem considerar a contratação de atores desconhecidos para os papeis a melhor opção.

Andy Muschietti ofereceu aos fãs uma prévia do que eles podem esperar do futuro do personagem Mike Hanlon:

“Minha ideia para Mike no segundo filme é mais sombria do que a do livro. Eu quero fazer seu personagem o mais importante para juntar todos novamente, mas ficar em Derry custou um preço para ele. Eu quero que ele seja um viciado, na verdade. Um viciado bibliotecário. Quando o segundo filme começa, ele é uma bagunça.”

“Ele não é apenas o colecionador de conhecimento sobre o que Pennywise têm feito em Derry. Ele terá o papel de descobrir como derrotá-lo. A única maneira que ele pode fazer isso é usando drogas que alteram sua mente.”

Andy Muschietti explicou como o destino de Mike se conecta com um elemento de história do livro de Stephen King que foi omitido do primeiro filme:

“A coisa rezona com o que as crianças fazem quando elas vão para a casa de fumo no Barrens. Inalando essa fumaça do fogo eles têm visões da Coisa, e da origem da Coisa, e do fogo caindo do céu que colidiu em Derry milhões de anos atrás. Trazemos isso para Mike, no fim desses 30 anos, Mike descobriu o ritual de Chüd.”

Assim como no livro original de Stephen King, um dos personagens não voltará para a segunda parte. Estamos falando de Stan Uris. Quando convocado por Mike, Stan irá tirar sua própria vida. Andy Muschietti comentou como a experiência de Stan no primeiro filme leva a essa decisão:

“Existe algo no futuro para ele, tirando sua própria vida, que encontra sementes nesse filme. Ele é um dos que não aceitam o que está acontecendo. E sendo aquele que não quer participar, ele recebe a pior parte.”

 

A previsão é que a sequência chegue aos cinemas em 2019, provavelmente em setembro.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: